Quando ir aos Lençóis Maranhenses?

A areia branca e fina marca o paradisíaco caminho percorrido pelos viajantes em meio ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. As lagoas de água doce entre as dunas formam um cenário único em todo o mundo e é impossível não se emocionar ao chegar no topo da paisagem e ver a imensidão dos Lençóis Maranhenses. O bom é que, a cada nova porção de água entre as dunas, a sensação de estar no paraíso se repete. E melhor ainda é saber que são centenas de lagoas, em tons de azul e verde, capazes de fazer todo viajante feliz!

Os Lençóis Maranhenses, localizados no noroeste do Maranhão e a 250 km da capital São Luís, atraem turistas de todo o mundo em busca do fenômeno único das lagoas interdunares à beira-mar.

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses ocupa uma área de 155 mil hectares e é considerado o maior parque de dunas do Brasil. A área protegida é enorme, porém a região dos Lençóis Maranhenses é ainda maior que o Parque Nacional. Entre os passeios mais procurados por lá estão o Circuito da Lagoa Azul, o Circuito da Lagoa Bonita, a visita à Lagoa das Emendadas e ao Canto de Atins. E nem só de lagoas vive o turismo por lá. Quem visitar os Lençóis Maranhenses poderá investir em dias na praia do Caburé e em Atins, em passeios pelo Rio Preguiças e Rio Formiga e até na prática de kitesurfe, que anda crescendo muito na região. Tudo envolvendo percursos em veículos 4×4, lindas paisagens, águas transparentes e areia sempre fina e muito branca. E como se não bastasse, ainda é possível apreciar a imensidão dos Lençóis Maranhenses em um sobrevoo. Experiência inesquecível!

Quem visita os Lençóis Maranhenses conta com três bases principais para fazer os passeios pela região: Barreirinhas, Santo Amaro e Atins. E o ideal, para ver boa parte do Parque Nacional, é hospedar-se nas três. Quem desejar ir ainda mais fundo na experiência poderá investir na travessia a pé por dentro do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Essa rota, que leva de três a cinco dias, é sonho de consumo de muitos aventureiros e certamente a melhor e mais intensa maneira de viver o lugar.

Nenhuma paisagem no mundo se compara aos Lençóis Maranhenses. Só isso já é motivo suficiente para visitar a região. Entretanto, independentemente de ser um cenário único, os Lençóis Maranhenses conquistam a todos os turistas pela intensa imersão em pura beleza. E para ter certeza disso, basta assistir a um pôr do sol no alto das dunas ou dentro de uma das lagoas. Não será difícil cair de amores pelo destino. Acontece com todo o mundo.

santo-amaro-do-maranhao

Quando ir?

Para visitar os Lençóis Maranhenses é preciso estar atento à temporada de chuvas. É nesse período que as lagoas enchem e a paisagem ganha os famosos contornos com milhares de piscinas de água doce em meio às dunas. A temporada de chuva costuma acontecer de janeiro a junho. Quanto mais chuvas no ano, mais cheias ficam as lagoas no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Assim que as chuvas diminuem de frequência, as lagoas começam a secar. A partir de setembro, já será mais difícil encontrar lagoas com água suficiente para mergulhos. Quem visita a região depois de outubro corre grande risco de ver as lagoas já bem vazias. Entre novembro e janeiro, a situação é ainda mais crítica e apenas as lagoas perenes ficam cheias. E elas são raríssimas.

É muito importante salientar que as chuvas não obedecem a uma regra fixa e a temporada pode variar de um ano para o outro. Antes de viajar, consulte as agências de turismo locais e o ICMBio (pnlm@icmbio.gov.br) para ter certeza das condições do clima no ano vigente.

Melhor época para visitar os Lençóis Maranhenses - junho a agosto

A temporada de chuva nos Lençóis Maranhenses vai de janeiro a junho e atinge o auge nos meses de fevereiro a maio. É nesse período que as lagoas enchem e a paisagem se transforma em um paraíso para os turistas. Para quem deseja viajar no auge da cheia, o ideal é ir ao Lençóis Maranhenses nos meses de abril e maio. A desvantagem dos dois meses, entretanto, é a possibilidade de ainda pegar muitos dias de chuva na região. Para ter certeza de lindos dias de sol e lagoas cheias, o melhor é investir nos meses de junho, julho e agosto. Vale repetir que a temporada de chuvas não é exata e pode variar de um ano para o outro.

Pior época para visitar os Lençóis Maranhenses - novembro a abril

Os meses de novembro e dezembro marcam o auge da seca nos Lençóis Maranhenses e a chance de ver lagoas cheias é bem pequena. Para quem viaja nessa época, o recomendado é ir para a região de Santo Amaro, onde as lagoas são maiores e pode haver algumas ainda com água. Entretanto quem viaja nesse período deve investir mais nos passeios de praia, como Caburé e Atins e estar preparado para ver belas dunas, mas sem água.

Com o início da temporada de chuvas em janeiro, as lagoas começam a encher, porém os dias chuvoso podem atrapalhar os passeios. As chuvas começam a diminuir em maio, quando as lagoas já estão cheias e há maiores chances de dias de sol.

Confira nossos pacotes para os Lençois Maranhenses: www.pacotesepassagens.com.br

logo-formulario

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: