Ministério do Turismo lança Selo Turismo Responsável

O selo é um incentivo para que os consumidores se sintam seguros ao viajar e frequentar locais que cumpram protocolos específicos para a prevenção da Covid-19, posicionando o Brasil como um destino protegido e responsável.

O selo conta com diretrizes voltadas para 15 diferentes atividades do Cadastro Nacional do Turismo (Cadastur). Empreendimentos e empresários do Turismo terão acesso ao selo ao seguirem os protocolos de segurança que foram construídos em conjunto com a Anvisa e com os próprios segmentos turísticos, levando em conta medidas adotadas por entidades internacionais e pelo Ministério da Saúde.

O selo “Turismo Responsável – Limpo e Seguro” tem o objetivo de chancelar profissionais e estabelecimentos turísticos, como hotéis e aeroportos, que se comprometam com protocolos de saúde, segurança e atendimento em suas operações, um passo importante para a retomada oficial do setor com total segurança após a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

“Com essa iniciativa, o Brasil se posiciona no cenário doméstico e internacional como um destino seguro e preparado para atender um novo perfil de turista que surgirá após a pandemia. Um turista mais interessado e preocupado com a adoção de medidas sanitárias e de higiene. O selo criado pelo Ministério do Turismo é gratuito e será utilizado em todo o Brasil, sendo um diferencial extremamente relevante nesse “NOVO” turismo. Apesar de trabalharmos neste momento com 15 segmentos turísticos, poderemos ampliar esses protocolos a qualquer momento”, comentou o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

Para ter acesso ao selo, as empresas e guias de turismo precisam estar devidamente inscritos no Cadastur (Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos). Essa é a primeira etapa do Plano de Retomada do Turismo Brasileiro, coordenado pelo Ministério do Turismo, com o objetivo de diminuir os impactos da pandemia e preparar o setor para um retorno gradual às atividades.

O site já está em operação para que profissionais e estabelecimentos se inscrevam e aceitem os termos e imprimam seus respectivos selos, que contam com diversos tamanhos e a obrigatoriedade de ser enquadrado ou emoldurado e ser colocado ao lado do Selo do Cadastur, com exceção das companhias aéreas, que terão que colocar o selo na entrada das aeronaves.

E quem fará a regulamentação? O próprio turista.

O selo, que é totalmente gratuito, deverá ser colado em local de fácil acesso ao cliente e conterá um QR Code pelo qual o turista poderá consultar as medidas adotadas por aquele empreendimento e/ou profissional. Além disso, possibilitará a realização de denúncias em caso de descumprimento o que poderá resultar em revogação do selo. Em caso de empresas, o selo já se encontra disponível. No caso dos guias de turismo, ele deverá estar disponível em cerca de 20 dias.

Acesse através do link abaixo o site para acesso ao Selo Turismo Responsável:

http://www.turismo.gov.br/seloresponsavel/

pp-02

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: